Publicidade

Publicidade

20/10/2009 - 16:21

Novas Cyber-Shot fazem fotos panorâmicas

Compartilhe: Twitter

A Sony trará ao Brasil em novembro dois novos modelos de câmeras Cyber-Shot “domésticas”, a DSC-TX1 e a DSC-WX1. A grande atração em ambos os modelos é o modo de fotografia panorâmica “Sweep Panorama” (que estreeou na semiprofissional DSC-HX1 durante a PhotoImageBrazil 2009).

É o jeito mais fácil de tirar fotografias panorâmicas, basta enquadrar a primeira cena, bater a foto e mover a câmera para o lado para pegar o resto da paisagem. A câmera se encarrega de fazer automaticamente a captura, correção e alinhamento das imagens e a “costura” do panorama, tudo rapidinho. O resultado é uma paisagem completa, impossível de capturar em uma única foto. Algo como isto:

Foto tirada com um Nokia N95 8GB. Os resultados com a DSC-TX1 são melhores
Foto tirada com um Nokia N95 8GB. Os resultados com a DSC-TX1 são melhores e a imagem
pode chegar a 7152 x 1080 pixels

Ambas as câmeras tem sensor de imagem Exmor R e processador BIONZ, que segundo a Sony são responsáveis por capturar imagens com maior nitidez, cores mais vivas e menos ruído, especialmente em situações de pouca luz. Também são capazes de truques como detecção de faces e sorrisos, detecção inteligente de cena e um curioso modo “pet” para tirar fotos de bichinhos que não param quietos. A DSC-TX1 tem lente Carl-Zeiss e tela sensível ao toque, enquanto a DSC-WX1 tem zoom óptico de 5x. E ambas são compatíveis com o novo acessório Party-shot, que tira fotos por você.

A DSC-TX1 tem preço sugerido de R$ 2.499, e a DSC-HX1 custará R$ 2.199. Ambas poderão ser encontradas no site Sony Style e lojas Sony Style em shoppings de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Salvador.

Autor: - Categoria(s): hardware, noticia Tags: , , , ,
20/10/2009 - 15:52

Acessório da Sony tira as fotos por você

Compartilhe: Twitter

Acoplado a câmeras Cyber-shot, o Party-shot fotografa sozinhoCansado de ser o fotógrafo da turma nas festas e nunca aparecer nas imagens? Um acessório da Sony que chega em breve às lojas de todo o país promete a solução. É o Party-shot, uma espécie de “base” robotizada à qual você acopla uma câmera Cyber-shot compatível.

Basta colocar o conjunto em um ponto estratégico da sala, ligar o acessório e pronto. Sozinho ele começa a analisar a cena, movendo a câmera para os lados, para cima e para baixo em busca de rostos e sorrisos. Quando encontra algum a câmera foca, compõe a cena e tira a foto, sozinha, e reinicia a busca. Parece coisa de ficção científica. A seleção de modos de cena, de foco, exposição, balanço de branco e até mesmo a decisão de usar ou não o flash é automática. Vejam ela em ação neste vídeo da própria Sony:

O acessório funciona com duas pilhas AA comuns, e segundo a Sony, é capaz de operar por até três horas consecutivas (ou até a bateria da câmera acabar, o que acontecer primeiro). Toda a “inteligência” usada no processamento de imagens (detecção de faces e sorrisos, foco e captura das imagens) está na câmera, que comanda os motores da base para encontrar o melhor ângulo. Por isso, a tecnologia não funciona com todas as Cyber-shot: no momento, apenas a DSC-TX1 e a DSC-WX1 (lançamentos da Sony no Brasil) são compatíveis.

O Party-shot chega ao Brasil em Novembro, com preço sugerido de R$ 699 no site Sony Style ou lojas Sony Style em shoppings de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Brasília.

Autor: - Categoria(s): hardware, noticia Tags: , , , ,
11/08/2009 - 20:43

Panoramas fáceis e vídeo em HD

Compartilhe: Twitter

No stand da Sony na PhotoImageBrazil 2009, um dos principais destaques era a DSC-HX1, uma câmera equipada com sensor Exmor de 9.1 MP3 e lentes Sony G com zoom óptico de 20x. Com aparência de câmera profissional, embora na prática seja considerada uma “superzoom”, ela se destaca na linha de produtos por dois motivos.

O primeiro é a capacidade de gravar vídeos em Full HD (1920 x 1080 pixels), o máximo em alta definição. Segundo a Sony, esta é a primeira câmera em sua categoria a ter este recurso. O segundo destaque é o que a Sony chama de “Sweep Panorama”, que facilita a tomada de fotos panorâmicas.

Para fazer uma foto panorâmica em uma câmera “comum” equipada com este recurso, geralmente é necessário tirar cada uma das fotos manualmente, tomando cuidado com o alinhamento para que as pontas se encaixem de forma correta. Na HX1, tudo o que o usuário tem que fazer é bater a primeira foto e mover a câmera da esquerda para a direita, enquadrando o resto da cena. A câmera faz o resto, capturando as imagens, corrigindo exposição e diferenças de enquadramento e montando a imagem final. Os resultados, impressos em um minilab, são excepcionais.

A Sony DSC-HX1 já está disponível no mercado nacional, com preço sugerido pelo fabricante de R$ 2.699 exclusivamente na loja online da Sony, a Sony Style. Conheça mais um pouco desta câmera no vídeo abaixo.

A PhotoImageBrazil 2009 acontece entre 11 a 13 de Agosto das 14:00 às 21:00 no centro de exposições imigrantes, em São Paulo. A feira é voltada aos profissionais da indústria de imagem, e a entrada de menores de 16 anos, mesmo acompanhados, é proibida. Mais informações sobre a feira e o credenciamento estão disponíveis no site oficial.

Autor: - Categoria(s): evento, noticia Tags: , , , , , , ,
21/10/2008 - 17:37

Sony Alpha 900: sob medida para os profissionais

Compartilhe: Twitter

Sony Alpha 900A Sony anunciou hoje o lançamento de sua primeira câmera digital profissional, a D-SLR (Digital Single Lens Reflex) Alpha 900. Não é um modelo para tirar fotos das férias ou da festinha do sobrinho (embora ela faça isso muito bem, com certeza), mas sim uma máquina para quem o sustento depende da fotografia. E isso se reflete no preço, ao qual chegaremos mais adiante.

Vamos ao ponto principal do produto: a Alpha 900 usa um sensor “full-frame”, ou seja, exatamente do tamanho de um negativo de filme 35 mm, com a impressionante resolução de 24.6 megapixels. Muitas D-SLRs já no mercado usam sensores de tamanho APS-C, menores. Além de um campo de visão menor (quando comparado a uma máquina com sensor full-frame e a mesma lente), um sensor menor absorve menos luz, o que resulta em menor qualidade de imagem.

Outro destaque é que a estabilização de imagem (que a Sony chama de “Steady Shot Inside”), que é feita no sensor (que se move no sentido contrário ao movimento da câmera), o que dispensa o uso de lentes estabilizadas especiais, mais caras e delicadas. Ou seja, qualquer lente compatível com o sistema de encaixe da linha Alpha (e isso inclui qualquer lente Minolta AF, o sistema é o mesmo) passa a ser “estabilizada”, o que é uma boa notícia para os fotógrafos que já tem uma câmera da linha e andam pensando em um upgrade.

Um sistema que ajuda a economizar tempo é o Inteligent Preview. Funciona de forma simples: quando você não consegue decidir qual o melhor ajuste de imagem para a cena, basta tirar uma foto que será usada como preview e, no menu da câmera, brincar com o ajustes: exposição, balanço de branco, faixa dinâmica, correção de cores, etc. Os resultados são mostrados em tempo real no visor LCD da câmera. Quando você estiver satisfeito com a imagem, basta salvar os ajustes e fotografar à vontade: eles serão aplicados a todas as fotos subsequentes. É uma mão na roda para quem fotografa em estúdio, por exemplo.

Por fim, um modo de “controle remoto” permite ligar a câmera ao PC (via cabo USB), fazer todos os ajustes e controlar o disparo remotamente. E falando em disparo, a Alpha 900 é capaz de capturar 5 fotos por segundo mesmo em resolução máxima, em um total de 285 fotos em JPEG ou 12 fotos em RAW. As imagens podem ser armazenadas em cartões Memory Stick ou Compact Flash (e suas inúmeras variantes, como “Memory Stick Pro Duo” e MicroDrives). Segundo a Sony, a bateria tem autonomia para 800 fotos.

OK, agora vamos ao preço: lembram-se de que falei que ela é uma câmera profissional? Pois então, o preço faz jus ao status de ferramenta essencial de trabalho: R$ 12.999 (isso mesmo, treze mil reais, trocando em miúdos), apenas pelo corpo da câmera (lentes são vendidas à parte), parcelável em 10x sem juros. A Sony decidiu não comercializar a câmera em lojas, ela estará disponível apenas através do site Sony Style, ou na loja conceito da empresa no Shopping Cidade Jardim, em São Paulo, a partir de meados do mês de novembro.

Uma coisa curiosa: no evento havia uma Alpha 900 desmontada, mostrando bem cada um dos principais componentes da câmera, algo muito interessante. Confiram na galeria abaixo:

Autor: - Categoria(s): hardware, noticia Tags: , , , , ,
Voltar ao topo