Publicidade

Publicidade

09/05/2009 - 20:23

Um videogame da Apple?

Compartilhe: Twitter

Sabe quando você está tocando sua vida, e de repente aquele monte de fragmentos de idéias que estão guardadinhos no fundo da sua mente resolvem fazer “click” e você tem aquele momento “como não pensei nisso antes??“. Pois é, aconteceu comigo na quinta-feira.

Eu estava passando pelas notícias do dia, quando vi alguns sites comentando um boato de que a Apple estaria em negociações para comprar a Electronic Arts, uma das maiores desenvolvedoras de jogos do mundo. Parei por um segundo e pensei: “Balela, até parece que a Apple quer entrar no mercado de videog… CLICK!

Pensando bem, faz todo o sentido a Apple entrar no mercado de videogames. Não só faz sentido, como acredito que ela já está se preparando para isso. E não é com software, é com hardware, com um console com o logo da maçã estampado na tampa, “brigando” com o PlayStation 3, XBox 360 e Wii.

Leia mais »

Autor: - Categoria(s): hardware Tags: , , , , ,
03/12/2008 - 09:39

Feito em casa

Compartilhe: Twitter

Encontrei há alguns dias na internet um dos projetos de hardware mais impressionantes que já vi nos últimos tempos. É o Uzebox, um videogame feito “em casa”, que tem como componentes principais apenas… dois chips! Duvida? Então dê uma olhada na placa:

Todo o resto são componentes discretos (resistores, capacitores, LEDs). E o melhor: o projeto é aberto: a “planta”, instruções e listas de componentes podem ser baixados gratuitamente por qualquer um que queira reproduzir o brinquedo. E alguns sites até vendem “kits”  com a placa, chips, componentes e um joystick, prontinhos para a montagem: é só soldar.

O “coração” do console é um microcontrolador ATmega644, da Atmel (rodando a 28 MHz), que sozinho funciona como CPU, processador de vídeo, chip de som e controlador de I/O. O único outro chip é um AD725, da Analog Devices, responsável por pegar o sinal de vídeo RGB produzido pelo ATmega644 e converter em um sinal NTSC que qualquer TV moderna entende.

o autor (que se identifica como “Uze”) quis manter tudo o mais simples possível, por isso há algumas limitações: 4K de RAM, e um tamanho máximo de programa (ou jogo) de 64K. Isso porque adicionar chips extras para controlar memória externa iria deixar o projeto mais caro e complexo. Parece pouco, mas o resultado final lembra, em complexidade, os consoles da era 8-Bits, como o Nintendinho, mas com gráficos mais coloridos, como mostra o videozinho abaixo.

Conheça mais sobre o projeto Uzebox em seu site oficial. Kits estão à venda na Adafruit Industries e Embedded Engineering, por preços que variam de US$ 70 a US$ 100.

Autor: - Categoria(s): hardware, noticia Tags: , , , ,
12/11/2008 - 12:21

Conheçam o Zeebo

Compartilhe: Twitter

Depois da derrocada da Sega e de alguns anos agarrada ao bom (mas velho) Megadrive, a TecToy resolve inovar e desenvolver seu próprio console. É o Zeebo, fruto de uma parceria com a norte-americana Qualcomm (que desenvolve o chipset). O principal diferencial do console, na minha opinião, é algo que já venho “apregoando” faz tempo: o fim da mídia física. Esqueça os cartuchos, CDs e cartõezinhos de memória, o “canal” para os jogos no Zeebo é o download.

“Tá, quer dizer que vou precisar de banda-larga e um provedor pra baixar os jogos?”. Não, não vai. O Zeebo se conecta a redes de telefonia 3G e EDGE para baixar os jogos e atualizações. É um serviço batizado pela TecToy de “ZeeboNet3G“, que é completamente gratuito: não há contratos, mensalidades, franquias de dados, nada. Você só paga pelos jogos, que vão custar entre R$ 9,90 (catálogo) a R$ 29,90 (super-lançamentos), com a maioria dos novos títulos a R$ 19,90.

Graficamente, o console tem poder entre o PlayStation 1 e o PlayStation 2. Em termos de títulos, a TecToy demonstrou Crash Nitro Kart 3D (um jogo do PlayStation 1, recentemente relançado para o iPhone) e Quake (o primeiro da série, portado do PC), mas promete títulos da Sega, Namco, Electronic Arts, Taito e outras grandes empresas. Nos vídeos de demonstração foi possível ver jogos de séries consagradas como Need for Speed e Fifa Soccer. Parece promissor.

Fiquem abaixo com um breve “tour” do aparelho. Outro vídeo e mais informações em breve no canal de games do iG, o Arena Turbo.

Autor: - Categoria(s): hardware, noticia Tags: , , , , , ,
Voltar ao topo