Publicidade

Publicidade

14/10/2008 - 18:09

Apple fala sobre os novos MacBooks

Compartilhe: Twitter

Após o evento de hoje, quando a Apple anunciou os tão esperados novos MacBooks, tive a oportunidade de conversar durante alguns minutos, por telefone, com Fábio Ribeiro, engenheiro de sistemas da empresa. Aproveitei o papo para esclarecer algumas dúvidas quanto aos novos produtos, e compartilho aqui as respostas:

O novo Apple LED Cinema Display (com tela de 24 polegadas e resolução de 1920×1200 pixels, mais que “Full HD“) foi projetado, essencialmente, como uma “docking station” para os novos portáteis. Um cabo com três conectores (vídeo, USB e alimentação) liga o monitor ao portátil. O monitor tem três portas USB, uma câmera iSight, microfone e caixas de som embutidas. Basta adicionar um teclado e mouse sem fios e você tem um “iMac” instantâneo. Fábio não soube me dizer se os MacBooks podem ser usados com o novo monitor com a tampa fechada. Sei que é estranho, mas até esta manhã isto era um recurso exclusivo dos MacBook Pro. E qual a utilidade? Economizar espaço na mesa, claro.

O MacBook Air ganhou mais espaço em disco (HD de 120 GB ou SSD de 128 GB), processador de vídeo mais potente (NVIDIA GeForce 9400M), mas não tem o novo trackpad de vidro. Entretanto, deve-se mencionar que o Air já tem, desde o primeiro modelo, um trackpad com recursos parecidos: maior que o “normal” e capaz de reconhecer múltiplos toques (como nos novos modelos). Só falta o “glamour” do vidro mesmo.

Peso: graças ao processo de produção batizado de Unibody, em que o gabinete é literalmente “esculpido” a partir de um bloco de alumínio, os novos MacBooks são mais leves que a geração anterior, 200 gramas mais leves para ser exato. Também são mais finos, com apenas 2.4 cm de espessura. Falando no Unibody, a Apple tem em seu site um vídeo muito interessante detalhando o processo, da entrada dos gigantescos linguotes de alumínio na máquina aos toques finais no gabinete, feitos a laser. Imperdível.

Tanto os MacBook quanto os MacBook Pro tem um novo conector para ligação a monitores externos, uma versão miniaturizada do padrão DisplayPort. Ele tem “banda” suficiente para controlar até mesmo os monitores de 30 polegadas da Apple, coisa impossível numa conexão HDMI, por exemplo. E como ligar um MacBook com DisplayPort a um monitor mais antigo? Com adaptadores, claro. A Apple vende, separadamente, adaptadores de Mini-DisplayPort para VGA ou DVI. Outras empresas podem oferecer adaptadores para conexão a equipamentos com entrada HDMI (como TVs de alta definição).

Para quem reclama da bateria não removível no iPhone (oi, chamou?): trocar a bateria nos novos MacBook e MacBook Pro é fácil, basta pressionar algumas travas na parte de baixo e levantar uma tampa. De quebra, você tem acesso fácil ao HD logo ao lado, e com mais dois parafusos acesso aos pentes de memória. Com isso, ficou muito mais fácil fazer um upgrade nas máquinas.

Infelizmente, a Apple não soube informar quando estas máquinas chegam ao Brasil, nem o preço que será praticado aqui. A julgar pelo que aconteceu no passado, distribuidoras como a GreenMax devem trazer os novos modelos para cá antes da Apple Brasil. Vou ficar de olho.

Autor: - Categoria(s): evento, hardware, noticia Tags: , , , , ,
Voltar ao topo