Publicidade

Publicidade

Arquivo da Categoria Sem categoria

25/10/2009 - 20:13

Nokia fala sobre o futuro no Nokia Camp

Compartilhe: Twitter

Pekka Somerto, VP Global de Vendas e Marketing da Nokia, abriu a edição 2009 do Nokia Camp em São Paulo, na manhã deste sábado, 24 de Outubro. Com o tema “Connecting people in new and better ways” (Conectando pessoas de novas e melhores formas), sua apresentação não trouxe muita coisa nova, e bateu na velha tecla: “A Nokia está deixando de ser uma empresa de hardware, para ser uma empresa de serviços”.

Segundo Pekka, há um bilhão de pessoas em todo o mundo usando aparelhos da Nokia. Para chegar aos próximos 2 bilhões a empresa acredita que é necessário focar na experiência do usuário, e tornar a tecnologia “invisível”, de forma que ela se torne uma extensão do usuário e do comportamento humano.

O executivo afirma que as próximas tendências são dispositivos sensíveis ao contexto, que sempre apresentem a informação mais relevante ao momento sem que o usuário precise se preocupar como encontrá-la, e objetos “inteligentes” que poderão interagir com o usuário e o ambiente.

Somerto também explica que a criação de conteúdo será feita de forma cada vez mais “inclusiva”, com a eliminação da barreira entre a criação e consumo, e que as redes sociais serão o canal onde o conteúdo será criado na internet.

Ele até mesmo afirma que pessoas de menor poder aquisitivo podem “pular” diretamente para o acesso à internet no smartphone, ignorando o PC, como já tende a acontecer em países como a Índia. E aqui entrariam os serviços da Nokia, como Maps, Music (Nokia Music Store), E-Mail (Nokia Messaging), Aplicativos (Ovi Store) e pilotos como o Nokia Money, que deve entrar em operação na Índia em breve.

Mas para quem prega o fim do foco em hardware,  a palestra de Somerto terminou de forma irônica: dezenas de “blogueiros e formadores de opinião” (o público-alvo do Nokia Camp) cercaram o executivo, câmeras em punho. Ninguém queria falar com ou fotografar ele. O que todos queriam era fotografar o Nokia N900, “tablet” para acesso à internet até então inédito no Brasil que ele trazia no bolso.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , ,
22/10/2009 - 10:44

Samsung apresenta Android mais barato do Brasil

Compartilhe: Twitter

O Galaxy Lite deve chegar ao mercado custando apenas R$ 999

Em evento em SP nesta manhã de quinta-feira, a Samsung apresentou o Galaxy Lite, seu segundo modelo de smartphone Android. Em comparação ao Galaxy, anunciado em meados de setembro, ele tem uma câmera de 3 MP sem flash (contra os 5  com flash do Galaxy) e menos memória interna, 200 MB contra 8 GB do seu irmão maior (mas expansível com cartões microSD).

Assim como o Galaxy, ele tem uma tela LCD sensível ao toque de 3.2 polegadas e não tem teclado físico. Tive a chance de brincar um pouco com o aparelho, e fiquei MUITO impressionado. O processador de 800 MHz é o mesmo do Samsung Jét, o que torna o aparelho muito rápido, seja para abrir um aplicativo, montar uma página web ou mostrar um mapa no Google Maps. Falando nele, o GPS tem bússola (magnetômetro) interna, o que permite posicionar o mapa de acordo com a direção para onde o aparelho está apontando. O sistema operacional era o Android 1.5 (kernel Linux 2.6.27), rodando “padrão”, sem modificações na interface.

Mas o maior destaque do Samsung Galaxy Lite é o preço: por apenas R$ 999 segundo a Samsung (contra R$ 1.799 do Galaxy) ele é o Android mais barato do Brasil, e chega às lojas a partir de Novembro.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
14/10/2009 - 14:38

“New Chocolate” e “Crystal” são os destaques da LG

Compartilhe: Twitter

Na coletiva de imprensa da LG na Futurecom 2009 o smartphone Android (GW620) da empresa ficou para escanteio e cedeu espaço no palco para o que a empresa considera suas atrações principais: o LG BL40 “New Chocolate” e o LG GD900 “Crystal”.

O New Chocolate continua a tradição da linha “Black Label Series” de celulares “premium” da empresa, iniciada pelo LG Chocolate e continuada pelo LG Shine e, no ano passado, pelo LG Secret. Com formato barra, ele tem uma tela de 4 polegadas sensível ao toque com proporção “Wide HD” (21:9), câmera de 5 MP com lente Schneider e flash, Wi-Fi, 3G, GPS, navegador web completo e a interface gráfica S-Class, mesma usada no LG Arena.

O acabamento em preto “black piano” e detalhes em vermelho dá o tom de elegância no design, que fazendo jus ao nome lembra uma barra de chocolate. O preço sugerido pelo fabricante é de R$ 1.799, e o aparelho deve chegar às lojas a partir de novembro.

Já o Crystal se destaca como o “primeiro celular transparente do mundo”. Na verdade não é o celular que é transparente, mas o teclado, que tecnicamente é um painel de vidro com uma matriz sensível ao toque aplicada por cima. Com isso ele consegue não só funcionar como teclado tradicional, como também fazer reconhecimento de escrita e funcionar como superfície “multi-touch” para gestos. A câmera é digna de nota, com 8 MP e flash. Preço não foi divulgado.

Outro produto interessante é o LG Watch Phone GD910, um relógio com celular integrado. Sim, relógio com telefone, como nas antigas histórias de Dick Tracy. A tela de 1.4 polegadas é sensível ao toque, e ele tem uma câmera VGA para videochamadas. Além disso tem recurso de síntese de voz, para ler mensagens em voz alta, e vem acompanhado de um fone de ouvido Bluetooth. Novamente, o preço não foi informado.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , , ,
14/10/2009 - 12:46

LG e Huawei também tem Android

Compartilhe: Twitter

O Motorola DEXT não é o único smartphone Android a aparecer na Futurecom 2009. Andando pelos corredores da feira, me deparei com mais dois modelos: o LG GW620 é o primeiro smartphone Android da empresa, e tem uma tela sensível ao toque de 3 polegadas, com teclado QWERTY “deslizante” como no modelo da Motorola, formato que está se tornando “padrão” entre os aparelhos com o sistema do Google.

Como convém a um smartphone “top”, ele vem equipado com câmera de 5 MP, memória expansível a até 32 GB, Wi-Fi e GPS. O sistema operacional é o Android “puro”, sem customizações de interface como a HTC fez com o Magic, nem ferramentas de rede social como a Motorola fez com o DEXT. Pra variar, ninguém diz nada quanto ao preço.

Já o modelo da chinesa Huawei lembra bastante o HTC Magic, com tela sensível ao toque mas sem teclado. Entre os poucos detalhes que consegui descobrir estão a câmera de 3.2 MP com autofoco, memória expansível a 32 GB, Wi-Fi e GPS. A data de lançamento, segundo representantes da empresa no stand, é “início de 2010”, e a empresa espera atingir um preço entre R$ 1.099 e R$ 1.199, sem subsídios da operadora. Se isto se concretizar, será o Android mais barato, até o momento, no mercado nacional.

Vejam algumas fotos dos aparelhos

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , ,
14/10/2009 - 12:42

O “hiPhone” também veio à Futurecom

Compartilhe: Twitter

Quando fui retirar minha credencial para a Futurecom, notei que as placas estavam escritas em três idiomas: português, inglês e chinês. Achei estranho, mas logo entendi o motivo: além de multinacionais chinesas conceituadas, como a ZTE e Huawei, também há vários “fabricantes” menores ocupando pequenos stands para vender seus produtos.

E foi num destes stands, da “BOFITE”, que vi o melhor clone de iPhone (ou “hiPhone”) que já vi. E acreditem, já vi de tudo. Mesmo eu que sou “macaco velho” demorei para detectar a imitação: o aplicativo de câmera é idêntico, a animação é suave, a tela de toque responde bem, tamanho e peso são bem próximos do original e a interface no geral é muito mais refinada que nos clones já encontrados por aqui.

As diferenças são as fontes sob os ícones, o navegador  web e alguns recursos extras, como um Media Player capaz de reproduzir vídeos e animações em Flash, coisa que o iPhone não faz. Um representante me disse que o aparelho não está à venda no Brasil, está apenas sendo demonstrado, mas que “se você encomendar um lote de 10 mil, vem com o logo da sua empresa na tampa traseira”. O modelo no stand tinha o logo da Apple.

Portanto, ao comprar aquele iPhone “baratinho”, tomem cuidado. Já não é mais tão fácil distinguir o gato da lebre.

Você consegue identificar a diferença? Olhe entre os ícones

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , , ,
14/10/2009 - 09:25

Motorola traz DEXT ao Brasil

Compartilhe: Twitter

A Motorola anunciou durante a primeira manhã da Futurecom 2009 que trará ao Brasil o Motorola DEXT, seu primeiro smartphone baseado no sistema operacional Android, do Google. Anunciado nos EUA (onde é conhecido como Cliq) em setembro, o aparelho chega às lojas de todo o Brasil “na terceira semana de novembro”, mas a partir de hoje interessados em adquirí-lo já podem fazer um “pré-cadastro” no site do fabricante.

Motorola DEXT

O DEXT é um smartphone com teclado QWERTY integrado, tela de 3.1 polegadas sensível ao toque, câmera de 5 MP, GPS, Wi-Fi, 3G e memória expansível a até 32 GB com cartões microSD. Mas o hardware é secundário, e a principal estrela do aparelho é o software. Como disse anteriormente:

O sistema operacional é o Android, do Google (versão 1.5), integrado com uma “plataforma social” desenvolvida pela própria Motorola batizada de MOTOBLUR. A idéia é integrar informações sobre seus contatos em múltiplas redes sociais em um único ponto, para que você possa acompanhar “de relance” tudo o que acontece.

Suponha que um amigo telefone para você: na tela surgem a foto dele, número do telefone e último “status” publicado em uma rede social. Ao responder a uma mensagem, você pode escolher por onde quer que a resposta seja enviada: e-mail, SMS, MMS, Twitter, Facebook, etc.

Na agenda, as informações de contato de uma pessoa são agrupadas com todo o seu histórico de conversas com ela. Aplicativos como o “Happenings” mostram tudo o que acontece com seus amigos em um único local, e o “Social Status” permite que você atualize seu perfil em várias redes sociais de uma vez só.

Tudo isso é integrado a uma solução de backup, que armazena informações de login, conversas e listas de contatos em um servidor seguro da própria Motorola. Se você perder o telefone, ou mudar de aparelho, pode restaurar facilmente o backup com apenas alguns cliques. O serviço também faz uso do GPS para localizar aparelhos perdidos ou roubados, mostrando sua posição em um mapa, como no iPhone.

O aspecto social do MOTOBLUR é importante no Brasil, onde segundo pesquisas recentes 80% dos usuários de internet usam uma rede social, contra 66% da média mundial.

O sistema de “pré-cadastro” para compra é curioso: não se trata de uma pré-venda, mas apenas de uma espécie de “declaração de intenção de compra”, o equivalente a dizer “Motorola, eu quero um DEXT”. Mais tarde, o usuário será contactado pela operadora que irá comercializar o aparelho no Brasil (a Claro, com exclusividade até oinício de 2010) com uma proposta de venda mais formal.

A idéia por trás da ação é clara: gerar expectativa (hype), dando ao aparelho um ar de “produto da moda/exclusivo” e “compre já antes que acabe” como aconteceu quando o iPhone chegou ao Brasil.

O que os usuários que fizerem o “pré-cadastro” não vão saber é o preço, que ainda não foi divulgado. Haverá várias opções, atreladas a diferentes pacotes de minutos e planos de dados como no iPhone, mas os detalhes ainda não foram definidos. Segundo João Cox, presidente da Claro, o preço estará “no patamar do iPhone” e o aparelho também será oferecido “desbloqueado”, sem subsídios.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , , ,
22/09/2009 - 13:11

Positivo aposta nos desktops “tudo em um”

Compartilhe: Twitter

A Positivo informática anunciou hoje vários modelos de computadores “tudo em um”, que integram todos os componentes em uma só peça atrás (ou abaixo) do monitor. Batizada de “Positivo Union”, a linha chega em três configurações-base, com três diferentes faixas de preço.

O modelo de entrada é o Union 640, com um processador Intel Atom de 1.6 GHz, 2 GB de RAM, HD de 160 GB, placa de TV, interface de rede sem fios e webcam integrada. Vem com o Windows 7 Starter, com preço sugerido de R$ 1.499.

A linha intermediária é composta pelo Positivo Union 820, que tem versões com Windows ou Linux. O processador ainda é um Intel Atom de 1.6 GHz, 320 GB de espaço em disco, 1 GB de RAM, interface de rede wireless e tela de 18.4 polegadas. O design é diferente do modelo de entrada, que tem todos os componentes atrás do monitor: no Union 820 eles ficam em uma “base” sobre o qual o monitor é montado. Com isso, o monitor é mais fino e ajustável. O preço sugerido é de R$ 1.999

Já o modelo “topo de linha” tem uma configuração de dar gosto. O Union Touch 2200 tem monitor LCD Full HD (1920 x 1080 pixels) de 21.5 polegadas sensível ao toque e com webcam integrada, processador Intel Core 2 Duo de 2.2 GHz, 4 GB de memória RAM e nada menos que 1 TB de espaço em disco. O chipset de vídeo nVidia (plataforma nVidia Ion) ajuda na reprodução de vídeo em alta definição (embora ele não tenha Blu-ray integrado). Vem com o Windows 7 Premium, e tem preço sugerido de R$ 3.799. Veja um vídeo:

Todas as máquinas chegarão às lojas em 22 de Outubro, a tempo para o lançamento do Windows 7.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , , , , , , ,
21/09/2009 - 18:20

Cariocas promovem encontro de usuários de MSX

Compartilhe: Twitter

MSX RioTalvez alguns de vocês se lembrem dos MSX, um padrão de computadores criado no Japão e que tomou de assalto o mercado brasileiro de informática em meados da década de 80, representado pelo Expert, da Gradiente, e HotBit, da Sharp.

Pois a máquina ainda está viva no coração dos fãs, que desenvolvem software, hardware e se reúnem para conversar e trocar idéias. O próximo encontro será em 26 de setembro de 2009 (sábado), no SESC Engenho de Dentro: Avenida Amaro Cavalcanti, 1661 – Engenho de Dentro (próximo à estação de trem e ao Engenhão) no Rio de Janeiro. Começa às 10:00 e vai até as 17:30 horas. Mais informações (e um mapa) estão disponíveis no site oficial, em www.msxrio.com.br

A participação é gratuita, e altamente recomendada. Quem viveu a época vai se surpreender com o que o povo faz com as máquinas hoje em dia, e quem está conhecendo o MSX agora vai aprender muito sobre a história da informática no país. Quer saber como é o clima do evento antes de ir até lá? Veja a cobertura da última edição no MeioBit.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , ,
26/06/2009 - 10:38

Você acha os netbooks pequenos?

Compartilhe: Twitter

MID mbook M1, da sul-coreana UMID

Se você já acha os netbooks pequenos demais, prepare-se para o que vem por aí. Andando pelas salas do Intel Editor’s Day em Maceió, Alagoas, encontrei algo ainda menor.

A máquina debaixo na foto é um netbook Lenovo IdeaPad S10 com tela de 10 polegadas. A de cima é um MID (Mobile Internet Device) “mbook M1”, da Coreana UMID, trazido para demonstrações.

Tem processador Atom de 1.3 GHz, 512 MB de RAM, 16 ou 32 GB de espaço em disco (SSD), Wi-Fi, Bluetooth e tudo o mais. A tela é de 4.8 polegadas, com resolução de 1024 x 600 pixels (a mesma do Lenovo). Segundo o fabricante, a bateria aguenta até seis horas de uso contínuo.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , ,
22/01/2009 - 11:16

Infra-estrutura falha e deixa campuseros sem água quente

Compartilhe: Twitter

A temperatura caiu, quem esqueceu a blusa está passando frio e os grandes ventiladores, que chamaram a atenção do público no começo da semana, estão servindo de decoração. Sofreu também quem não trouxe cobertor; essa noite foi suficientemente gelada para quem decidiu dormir no horário de praxe (o pessoal aqui geralmente vai dormir depois das 5h00).

Na madrugada desta quinta-feira era comum encontrar participantes enrolados em edredons enquanto baixavam filmes, seriados, músicas etc. A política do Campus Party é não fazer uso de programas P2P, como é o caso do popular Torrent, entretanto não há nenhum bloqueio para quem opta por utilizá-los.

Outra reclamação pertinente vinda dos campuseros – e desta jornalista que vos fala – dá conta da falta de água quente na área do camping. Com a temperatura mais baixa, tomar banho se tornou um verdadeiro sacrilégio. Os chuveiros não esquentam e, sem opção, quem está acampado é obrigado a tomar banho gelado a qualquer hora do dia.

A assessoria de imprensa do evento foi avisada do inconveniente. Resta saber se a produção tomará as devidas providências.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
Voltar ao topo