iG

Publicidade

Publicidade
04/01/2010 - 17:56

Google começa captura de imagens para o Street View em SP e RJ

Compartilhe: Twitter

O Google começou oficialmente nesta segunda-feira a captura de imagens das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro para uso no Street View, o recurso do Google Maps que permite ao usuário “passear” pelas ruas de uma cidade através de fotos do local.

Para isso, uma frota de 30 carros Fiat Stilo vermelhos já circula pelas cidades (20 deles em São Paulo, 10 no Rio de Janeiro). Os veículos foram especialmente equipados para a tarefa, e carregam sobre o teto um “mastro” com equipamento de captura (nove câmeras fotográficas e sensores de distância) além de baterias, um computador e discos rígidos para armazenamento das imagens (e informações de GPS) no porta-malas.  Cada carro tem dois motoristas, que se revezam durante o dia, e é responsável por mapear um “setor” da cidade. São Paulo, por exemplo, foi dividida em 20 setores.

Em teoria o processo de captura é simples. Enquanto o motorista dirige o carro pela cidade as câmeras capturam um novo conjunto de imagens em intervalos predefinidos: em condições de trânsito ideais, a cada 15 metros. As câmeras no mastro são arranjadas de forma circular: oito delas capturam um panorama em 360º ao redor do carro, e a nona câmera captura uma imagem do céu. Software desenvolvido pelo Google costura estas imagens em um panorama “navegável”, pronto para ser integrado ao Google Maps. Mas antes há um passo importante: placas de veículos e rostos de pessoas são “borrados” para que não possam ser identificados e preservar a privacidade.

Uma curiosidade: a captura de imagens é feita apenas em dias de sol. O motivo é que, embora o equipamento em si não tenha problemas com a água, a qualidade das imagens não é boa o suficiente. Também poderiam haver problemas na “costura” das imagens: nem sempre uma rua é capturada de uma vez só, e para o usuário seria estranho ver uma rua ensolarada numa foto e o mesmo local debaixo de chuva no clique seguinte.

Não existe uma data predefinida para que as imagens de SP e RJ (e Belo Horizonte, que já foi mapeada e serviu como “laboratório de testes”) sejam adicionadas ao Street View. O Google quer capturar uma quantidade “substancial” de imagens antes de colocá-las no ar, em um processo de deve levar cerca de três meses. Some-se a isso o tempo necessário para processamento e integração aos mapas e chegamos a uma estimativa de algo entre cinco e seis meses segundo Marcelo Quintella, gerente do produto Google Maps (que engloba o Street View) no Brasil.

Autor: - Categoria(s): noticia, software, web Tags: , , , , ,
16/12/2009 - 13:20

YouTube revela os vídeos mais assistidos em 2009

Compartilhe: Twitter

O YouTube anunciou nesta quarta-feira o ranking com os vídeos mais assistidos de 2009. Em primeiro lugar ficou a apresentação da cantora Susan Boyle no programa Britain’s Got Talent, que ultrapassou a marca de 120 milhões de exibições. Bem atrás, com mais de 36 milhões de exibições, vem “David After Dentist“, que mostra um menino confuso (devido a sedativos usados na extração de um dente) na volta para casa após uma visita ao dentista.

O terceiro lugar ficou com “JK Wedding Entrance Dance“, que mostra padrinhos e noivos em uma elaborada coreografia na entrada da igreja, com mais de 33 milhões de exibições. Em quarto lugar ficou o trailer do filme Lua Nova, com cerca de 30 milhões de exibições, e em quinto o comercial “Evian Roller Babies“, com bebês andando de patins, com mais de 27 milhões de exibições.

O site também divulgou a lista de termos mais buscados ao longo do ano, divididos mês a mês. Se em janeiro o principal interesse dos visitantes era a posse do presidente Barack Obama, em junho e julho o tema mais quente eram os vídeos de Michael Jackson, e em Outubro, época de Halloween, foi a vez de “atividade paranormal”. Em dezembro quem entrou em evidência foi o golfista Tiger Woods, devido a seu acidente de carro e descoberta de vários casos extraconjugais.

Autor: - Categoria(s): web Tags: , , ,
07/12/2009 - 19:56

Google Googles: busca com imagens no seu smartphone

Compartilhe: Twitter

Google GogglesO Google anunciou nesta segunda-feira uma nova tecnologia de busca para smartphones equipados com seu sistema operacional Android: é o “Google Goggles” (algo como “óculos do google”), que permite fazer buscas na internet tendo como ponto de partida uma imagem.

Imagine que você está em um museu e vê um quadro que lhe interessa. Entretanto, não há nenhuma plaquinha por perto para indicar o artista ou nome da obra, ou você está com preguiça de digitar. Basta sacar o smartphone, abrir o Google Goggles e bater uma foto do quadro. Em segundos os resultados, que podem incluir a página do artista na Wikipedia, imagens similares no Google Image Search e mais, aparecem em uma janela do navegador.

O sistema funciona usando uma sofisticada tecnologia de processamento de imagens, que combina reconhecimento de caracteres (para o texto no rótulo de um produto, por exemplo), de padrões, de formas e de imagens como um todo para extrair da foto informações suficientes para gerar uma busca. Segundo o Google, o serviço conta com um banco de dados com 1 bilhão de imagens para fins de comparação.

Além disso, os usuários também podem ajudar: é possível dar uma nota (de 1 a 5 estrelas) para os resultados, o que ajuda o Google a ajustar a precisão do serviço, que ainda está em fase experimental: ele funciona muito bem, por exemplo, com produtos como garrafas de vinho, pontos turísticos e obras de arte, mas não reconhece animais. Também não é capaz de reconhecer pessoas, mas por outro motivo: a tecnologia está disponível, mas há questões de privacidade, diz o Google.

O Google Goggles é um gratuito e roda em qualquer smartphone equipado com o sistema operacional Android 1.6 ou versão mais recente. Mais informações (em inglês) podem ser encontradas na página oficial do programa, em www.google.com/mobile/goggles

Autor: - Categoria(s): noticia, software Tags:
16/11/2009 - 02:09

LG lança linha de TVs “Live Borderless”

Compartilhe: Twitter

LG "Live Borderless"A LG está colocando no mercado uma nova linha de TVs LCD com um design quase sem bordas batizado pela empresa de “Live Borderless”, trocadilho com a palavra em inglês “Border”, que pode significar tanto borda quanto fronteira (a expressão pode ser traduzida como “viva sem fronteiras”). Na prática, não há separação entre a tela e a fina moldura externa do televisor, nem diferença de cor entre elas, o que faz com que, com a tela desligada, ambas pareçam formar uma superfície única.

Todos os modelos “Live Borderless” compartilham várias características como Bluetooth (para envio de fotos do celular para a TV, por exemplo, ou uso de acessórios como fones de ouvido sem fio), decodificador digital integrado, tocam vídeo DiVX em alta definição a partir de pendrives ou HDs plugados à porta USB e são “Time Machine Ready”. Ou seja, basta plugar um HD externo (de pelo menos 40 GB) à porta USB para poder pausar TV ao vivo e gravar horas e horas de seus programas favoritos para asssistir mais tarde.

Outra característica em comum são as telas com resolução Full HD (1920 x 1080 pixels) e painéis IPS (In-Plane Switching), uma tecnologia em telas LCD que garante amplo ângulo de visão da imagem sem as distorções comuns em telas mais antigas. Nos modelos da LG, o ângulo é de 178 graus, tanto na horizontal quanto na vertical. Ou seja, não importa a posição do espectador em relação à tela, a imagem será sempre perfeita.

Mas há, sim, algumas diferenças entre as duas “séries” que compõem a linha Live Borderless. A série SL90 tem telas de 42 e 47 polegadas com iluminação LED, que tem melhor contraste (três milhões pra um) e brilho mais uniforme em relação aos modelos da série SL80 (32, 42, 47 e 55 polegadas), com iluminação fluorescente e contraste de 150 mil pra um. Em compensação, a série SL80 conta com o recurso “TruMotion” e frequência de atualização da imagem de 240 Hz, o que suaviza os movimentos em cenas de ação. A série SL90 também tem TruMotion, mas a 120 Hz.

LG "Live Borderless"

Outra vantagem das telas LED é o consumo de energia, até 30% menor em relação a telas LCD tradicionais, e a espessura: os modelos da série SL90 tem apenas 2,9 cm de espessura, contra 4,5 ou 4,9 cm dos modelos com iluminação fluorescente. Segundo Fernanda Summa, gerente de produto para TVs da LG, o tamanho da borda e a espessura do aparelho são duas das características que os consumidores levam em conta na hora de escolher uma nova TV. A tendência entre eles é a de atribuir mais tecnologia, e portanto uma percepção maior de valor, às TVs mais finas e com bordas menores. Daí o foco da LG nestas duas características.

As novas TVs LG “Live Borderless” já podem ser encontradas nas lojas. Na família SL80 os preços vão de R$ 3.299 (32 polegadas) a R$ 8.999 (55 polegadas). Já entre os modelos LED os preços são R$ 5.999 (42 polegadas) e R$ 7.999 (47 polegadas).

Autor: - Categoria(s): hardware, noticia Tags: , , , , , ,
05/11/2009 - 10:20

Dell comemora 10 anos no Brasil com projeto educacional

Compartilhe: Twitter

A Dell está comemorando seus 10 anos de operação no Brasil com o lançamento do projeto educacional Sala de Aula Conectada, desenvolvido em parceria com a Universidade de São Paulo, que coloca à disposição dos professores e alunos “ferramentas tecnológicas para a educação e conteúdo exclusivo”.

O hardware utilizado no projeto inclui lousa interativa, conexão sem fio, projetor, sistema de som, impressora, estação móvel, notebook com tela sensível ao toque para os professores e netbooks com conexão wireless para os alunos. A decisão de que equipamento vai ser usado (e o custo de implantação) varia de acordo com as necessidades da escola.

Em um piloto inicial, o projeto foi implantado no início deste ano em 26 escolas públicas da cidade de Hortolândia, no interior de SP, onde a Dell tem uma de suas fábricas. No momento, o projeto Sala de Aula Conectada beneficia 6.000 alunos e 90 professores.

A idéia é a mesma de outros projetos para o uso da informática na educação: ao levar para a sala de aula equipamentos e tecnologia como os quais os estudantes já estão familiarizados, o aprendizado torna-se mais atraente e eficiente, e os professores ganham novas formas de disseminar o conhecimento.

A empresa também anunciou doação de mais de R$ 872 mil ao Centro de Inclusão Digital (CDI), para aquisição de equipamentos de tecnologia para uso em nove centros comunitários que atendem jovens nas cidades de São Paulo, Hortolândia e Porto Alegre.

Latitude 2100

Dell Latitude 2100

Um dos componentes do projeto Sala de Aula Conectada é o netbook Dell Latitude 2100, desenvolvido especialmente para uso educacional e equipado com características como capa emborrachada em várias cores, que ajuda a absorver impactos, teclado bactericida, que evita a contaminação cruzada quando usado por várias crianças, alça para transporte e webcam integrada.

A máquina é baseada em um processador Intel Atom de 1.6 GHz, padrão na maioria dos netbooks. Para facilitar a administração, a Dell oferece às escolas uma espécie de “rack móvel”, capaz de comportar até 24 máquinas de uma só vez.

Autor: - Categoria(s): hardware, noticia Tags: , , ,
04/11/2009 - 10:54

Samsung lança notebooks e netbooks no Brasil

Compartilhe: Twitter

A Samsung está lançando seus primeiros notebooks e netbooks no mercado nacional. São ao todo cinco modelos, três notebooks (com telas de 14 e 13,4 polegadas) e dois netbooks (com telas de 10,1 polegadas), com preços que vão dos R$ 1.499 ao R$ 3.599.

A empresa já fabricava no Brasil equipamentos de informática, como monitores, HDs, drives ópticos e impressoras, e é líder de mercado em vários destes segmentos, mas não comercializava no país sua linha de notebooks e netbooks, já vendida em países como os EUA.

Das 5 linhas de máquinas produzidas pela Samsung (R – Entrada, Q – Mobilidade, N – Netbook, X – Premium e P – Corporativa), quatro estão vindo ao Brasil. Só a linha P ficou de fora, por enquanto, mas chegam entre março e junho de 2010. As máquinas serão produzidas em Campinas a já a partir de fevereiro, na mesma fábrica que já produz os celulares da empresa.

Na linha de notebooks, o principal destaque é o modelo X420, equipado com um processador Intel Core 2 Duo Ultra Low Voltage (CULV) de 1.3 GHz, 4 GB de RAM, 320 GB de espaço em disco, monitor LCD HD (1366 x 768 pixels) de 14 polegadas com iluminação LED e bateria com autonomia estimada em seis horas, com peso total de 1.7 Kg. O preço sugerido é de R$ 3.599

Já nos netbooks, todos equipados com processador Atom de 1.6 GHz, 1 GB de RAM e HD de 160 GB, o principal destaque é o design. O modelo N310 (R$ 1.799) tem acabamento emborrachado e estará disponível em três cores: azul, laranja e o tradicional preto. Vem com o Windows 7 Starter e bateria com autonomia de nove horas, segundo o fabricante. Já o NC10 (R$ 1.499) vem com o Windows XP Home e bateria com autonomia de seis horas de duração.

Os notebooks e netbooks Samsung chegam às lojas já em novembro.

Autor: - Categoria(s): hardware, noticia Tags: , , , ,
03/11/2009 - 18:55

Motorola DROID chega ao Brasil com novo nome

Compartilhe: Twitter

Motorola MILESTONENão demorou quase nada: o Motorola DROID, primeiro smartphone Android 2.0 a chegar ao mercado, foi anunciado nos EUA no último dia 29 e já está oficialmente a caminho do Brasil. Por aqui o aparelho vai se chamar Motorola MILESTONE (porque a mania de mudar nomes?), e chega pela TIM com início das vendas previsto para “até o final do ano”, acompanhado de “pacotes de dados para que os clientes possam explorar ao máximo todos os recursos disponíveis no aparelho”. Preço, para variar, não foi divulgado.

Os principais destaques do MILESTONE (Motorola, me desculpe, mas DROID soa melhor) são a tela de 3.7 polegadas e resolução de 480 × 854 pixels (maior que a do iPhone em todos os sentidos) e teclado QWERTY integrado, sem sacrificar o design ou o tamanho: com 13,7 mm de espessura, ele é apenas 1,5 mm mais grosso que o iPhone 3GS. A câmera de 5 MP com flash é a melhor entre os smartphones Android no mercado, e o processador ARM Cortex A8 (o mesmo do Nokia N900, iPhone 3GS e Palm Pre) de 600 MHz garante o desempenho.

Os reviews iniciais do aparelho são muito positivos, com o blog Gizmodo dizendo: “se você não comprar um iPhone, compre um Droid”. Lá nos EUA ele é uma exclusividade da Verizon, concorrente da “dona do iPhone”, a AT&T, e custará US$ 199 com um plano de fidelidade de dois anos. O MILESTONE será o segundo smartphone Android da Motorola no Brasil. O outro é o Motorola DEXT, conhecido no exterior como CLIQ

Mais informações sobre o aparelho podem ser encontradas no site oficial, em www.motorola-rm.com/bra/milestone

Autor: - Categoria(s): hardware, noticia Tags: , , , ,
29/10/2009 - 10:01

Google apresenta novo Orkut

Compartilhe: Twitter

Novo OrkutO Orkut ganha, a partir de hoje, sua primeira “reforma” geral desde seu lançamento em Janeiro de 2004. O Google está anunciando uma nova versão do serviço, que segundo a empresa foi “totalmente redesenhado para aprimorar a experiência de navegação, integração e comunicação dos usuários”.

Na prática isso significa mais facilidade, e velocidade, para enviar fotos (recurso mais popular, segundo 67% dos usuários), mais possibilidades de personalização da home page, inclusive com a capacidade de trocar a cor da página e navegação simplificada entre contatos e comunidades. Também ficou mais fácil encontrar amigos, com uma função que busca pessoas na sua lista de contatos do GMail, por exemplo.

Na parte técnica, o código do Orkut foi totalmente reescrito em GWT (Google Web Toolkit), em um trabalho que levou nove meses. O resultado foi um ganho em desempenho: algumas funções, como o upload de fotos, são três vezes mais rápidas. Entretanto, isso exige mais do navegador: o novo serviço não é compatível com o Internet Explorer 6, e segundo o Google exige um navegador moderno como o Google Chrome, Firefox, Safari ou as versões 7 e 8 do Internet Explorer.

Segundo Berthier Ribeiro Neto, diretor de engenharia do Google para a América Latina, a nova plataforma vai facilitar a inovação: “nos próximos seis meses o Orkut vai mudar, e vai mudar muito”, diz ele. Berthier, que trabalha no “campus” do Google em Belo Horizonte, é um dos responsáveis pelo projeto do novo Orkut. Desde o final de 2008 a responsabilidade pelo serviço é compartilhada por equipes no Brasil e na Índia, países onde a rede é mais popular.

Victor Ribeiro, diretor de produtos Orkut no Google, diz muitas das novidades foram testadas “na surdina” já no “velho” Orkut ao longo dos últimos meses. Por exemplo, o scrapbook foi reescrito com a nova ferramenta GWT no início deste ano, mas poucos notaram a mudança.

O acesso ao novo Orkut será feito através de convites, assim como acontecia no Orkut original. Segundo o Google, a expectativa é de que até o final do primeiro semestre de 2010 a maioria dos 80 milhões de  usuários já tenha migrado para a nova versão. E quem não for convidado de primeira não precisa de preocupar: a versão “antiga” continuará funcionando normalmente, sem perda de dados ou recursos.

PS: Não adianta pedir pessoal, não tenho convites para distribuir

Ao povo dos comentários: Leram tudo? Ainda não entenderam como funciona?
Então cliquem aqui para tirar suas dúvidas

Autor: - Categoria(s): noticia, software, web Tags: , ,
25/10/2009 - 20:13

Nokia fala sobre o futuro no Nokia Camp

Compartilhe: Twitter

Pekka Somerto, VP Global de Vendas e Marketing da Nokia, abriu a edição 2009 do Nokia Camp em São Paulo, na manhã deste sábado, 24 de Outubro. Com o tema “Connecting people in new and better ways” (Conectando pessoas de novas e melhores formas), sua apresentação não trouxe muita coisa nova, e bateu na velha tecla: “A Nokia está deixando de ser uma empresa de hardware, para ser uma empresa de serviços”.

Segundo Pekka, há um bilhão de pessoas em todo o mundo usando aparelhos da Nokia. Para chegar aos próximos 2 bilhões a empresa acredita que é necessário focar na experiência do usuário, e tornar a tecnologia “invisível”, de forma que ela se torne uma extensão do usuário e do comportamento humano.

O executivo afirma que as próximas tendências são dispositivos sensíveis ao contexto, que sempre apresentem a informação mais relevante ao momento sem que o usuário precise se preocupar como encontrá-la, e objetos “inteligentes” que poderão interagir com o usuário e o ambiente.

Somerto também explica que a criação de conteúdo será feita de forma cada vez mais “inclusiva”, com a eliminação da barreira entre a criação e consumo, e que as redes sociais serão o canal onde o conteúdo será criado na internet.

Ele até mesmo afirma que pessoas de menor poder aquisitivo podem “pular” diretamente para o acesso à internet no smartphone, ignorando o PC, como já tende a acontecer em países como a Índia. E aqui entrariam os serviços da Nokia, como Maps, Music (Nokia Music Store), E-Mail (Nokia Messaging), Aplicativos (Ovi Store) e pilotos como o Nokia Money, que deve entrar em operação na Índia em breve.

Mas para quem prega o fim do foco em hardware,  a palestra de Somerto terminou de forma irônica: dezenas de “blogueiros e formadores de opinião” (o público-alvo do Nokia Camp) cercaram o executivo, câmeras em punho. Ninguém queria falar com ou fotografar ele. O que todos queriam era fotografar o Nokia N900, “tablet” para acesso à internet até então inédito no Brasil que ele trazia no bolso.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , ,
22/10/2009 - 15:56

Samsung mostra nova linha de celulares

Compartilhe: Twitter

A Samsung apresentou na manhã desta quinta-feira uma nova linha de telefones celulares, com modelos em todas as categorias, para os mais variados tipos de usuários. Uma das principais atrações foi o Pixon 12, equipado com uma poderosa câmera digital de 12 MP, a maior resolução entre os celulares com câmera disponíveis no Brasil.

O aparelho é baseado no mesmo processador de 800 Mhz do Samsung Jét, que garante o desempenho. Tem lente grande-angular de 28mm acompanhada por Flash Xenon, grava vídeos com resolução de DVD (720 x 480 pixels) e tem tela AMOLED (com melhor cor e contraste em relação às telas LCD convencionais) de 3.1 polegadas sensível ao toque. A interface é a TouchWiz, a mesma usada em outros modelos da Samsung como o Star, o Jét e o Omnia. Vem em kit que acompanha capa de couro, fones de ouvido e cartão microSD de 8 GB, com preço sugerido de R$ 1.899

Smartphones para todos os gostos

A linha de smartphones é composta por quatro modelos. Dois deles (Galaxy e Galaxy Lite) são baseados no sistema operacional Android, do Google. Os outros dois, o Omnia II e Omnia Pro, rodam o Windows Mobile.

O Galaxy já havia sido anunciado em setembro, mas o Galaxy Lite é novidade. Com um novo design mais atraente, com detalhes em vermelho, ele troca a câmera de 5MP com flash e auto-foco e os 8 GB de memória interna do seu irmão mais velho por uma câmera de 3MP sem flash e foco fixo e 200 MB de memória interna, expansível com cartões microSD.

Em compensação, ganha no processador mais veloz, de 800 MHz contra os 567 MHz do Galaxy. No resto ambos são idênticos, equipados com tela sensível ao toque de 3.2 polegadas, Wi-Fi, Bluetooth e 3G, e rodam o sistema operacional Android 1.5 com a interface original do Google. O Samsung Galaxy já está nas lojas, com preço sugerido de R$ 1.799, e o Galaxy Lite chega em Novembro, com preço sugerido de R$ 999.

O mundo Windows Mobile é representado pelo Omnia II, um “Windows Phone” com tela sensível ao toque de 3.7 polegadas, câmera de 5 MP, Bluetooth, Wi-Fi, GPS e 8 GB de memória interna, rodando o Windows Mobile 6.5. Já o Omnia Pro é bem diferente de seus irmãos, e é o primeiro modelo da família Omnia com teclado QWERTY integrado, e tem a aparência de um BlackBerry ou Nokia ESeries, com o teclado logo abaixo da tela. Tem câmera de 3.2 MP, tela de 2.4 polegadas, memória expansível com cartões microSD (um cartão de 1 GB acompanha o aparelho). Tem Wi-Fi e Bluetooth, mas não tem GPS, e roda o Windows Mobile 6.1. Os preços sugeridos pelo fabricante são de R$ 1.599 pelo Omnia II, e R$ 799 pelo Omnia Pro.

Bateria solar

O Solar e o Blue Earth são os dois modelos da Samsung no segmento de aparelhos com bateria recarregável usando energia solar. O Solar é um modelo básico, mas o Blue Earth é bem mais interessante, com uma tela sensível ao toque de 3 polegadas, câmera de 3 MP, GPS, compatibilidade com redes 3G e Wi-Fi, com a mesma interface gráfica “TouchWiz” de aparelhos como o Jet e o Star. O aparelho também tem alguns aplicativos “ecológicos”, como um pedômetro que, nas palavras da Samsung, “incentiva o usuário a andar e mostra o quanto a emissão de CO2 é reduzida ao não usar os meios de transporte convencionais”.

A recarga da bateria é simples: na traseira do aparelho há um painel solar. Cada 1 hora sob a luz do sol rende energia suficiente para deixar o aparelho por duas horas em “stand-by”, ou para 15 minutos de conversação. Usando apenas a luz do sol é possível recarregar a bateria interna a até 75% de sua capacidade, ou seja, a energia solar é um complemento, não um substituto, para um carregador de tomada. O Blue Earth tem preço sugerido de R$ 949

Mensageiros de bolso

O Samsung Scrappy, celular com teclado QWERTY voltado para o público jovem e louco por mensagens, ganhou dois irmãos. O Scrappy 2 tem uma tela maior (2 polegadas), câmera melhor (2 MP) e memória expansível com cartões microSD de até 8 GB (um cartão de 1 GB acompanha o aparelho). Vem com software que permite conexão a diversas redes sociais, incluindo Facebook e MySpace, e sistemas de mensagens instantâneas como o MSN e Google Talk. O teclado numérico é estranho, disposto em uma “faixa” ao lado do monitor, e o teclado QWERTY (deslizante como no modelo anterior) parece bastante confortável. Deve custar R$ 499

Já o Scrappy Touch, como o nome diz, tem além do teclado QWERTY uma tela sensível ao toque e no geral recursos similares aos do Scrappy 2, com algumas pequenas mudanças como a capacidade de fazer fotos panorâmicas. Também vem em kit com cabo de dados, fones de ouvido e cartão de memória de 1 GB, por R$ 549,00

Autor: - Categoria(s): evento, hardware, noticia Tags: , , , , , , ,
Voltar ao topo